Páginas

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Desabafo #24

Não sei é por seja gaja ou não (com aquela certa tendência a complicar o que é fácil, a pensar e analisar demais...), mas eu própria algumas vezes não me entendo. A sério que não. Então quando a questão é sentimentos, pior ainda. 
A verdade é que passado meses acho que ainda nutro sentimentos por alguém que já devia fazer parte do meu passado. Depois da nossa "relação" ter acabado (se calhar até partiu mais da minha parte) porque claramente éramos incompatíveis, a verdade nua e crua é que hoje me aprecebo que estupidamente ele não me é indiferente. Mexe comigo duma maneira que por mais que eu tente contrariar, não consigo.
Ao início como não nos falávamos e não nos cruzávamos em saídas parecia realmente que eu tinha andado com a minha vida para a frente. Que afinal aquele sentimento que eu achava que tinha sentido pertencia ao passado. Passado algum tempo voltámos a cruzar-nos e ficou evidente que  embora eu esteja consciente que entre nós as coisas nunca iriam resultar, a verdade é que o facto de ele ter estado perto de mim abalou o meu ser. E o facto de eu saber disso ainda me deixou mais irritada. Como podemos ter sentimentos por alguém quando estamos "fartinhos" de saber que as coisas não iriam resultar? Que essa pessoa mesmo que quisesse estar connosco, ela nunca iria ser a "tal" com a qual sonhámos em ter ao nosso lado? Serei masoquista? Assim de repente é a única hipótese que mais me parece plausível. 
Embora não deixe de andar a viver a minha vida, conhecer novas pessoas e isso tudo sinto que até estar realmente interessada por outra pessoa, sinto que esse tal rapaz vai andar sempre de certo modo a "cirandar" na minha cabeça. Dou voltas e voltas à minha cabeça para tentar perceber e muito sinceramente não chego a conclusão em concreto. Será que realmente gosto dele ou ele apenas mexe comigo porque embora ele tenha dito que gostava de mim foi incapaz de mudar certas coisas e eu fiquei sentida com isso e de uma forma parva isso deixou-me assim? E são estes dilemas que a minha cabeça por vezes se depara... Oh well...

3 comentários:

  1. É para responder ou era apenas uma pertunta de retórica? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que tu deste a resposta à tua própria pergunta nos 2 últimos parágrafos :P

      Eliminar

Permite-te sonhar*